É muito fácil aproveitar Londres sozinha

 

Uma coisa que eu aprendi durante a minha estadia em Londres foi que o tempo é curto e embora seja preferível que você relaxe e visite os lugares com calma você também não pode ficar muito solto ou se arrependerá depois. Como foi a minha primeira vez fora do país aprendi também outros vários truquezinhos que só mesmo quem passa pela situação sabe.

Enquanto estava lá fui percebendo que caso eu quisesse mesmo aproveitar todos os lugares que eu tinha em mente (fiz uma lista enorme antes de sair do Brasil) eu teria que ir à alguns deles sozinha. Arranjei muitos amigos por lá que me fizeram companhia mas muitas vezes era difícil coordenar os horários e as prioridades de cada um.

O bom de Londres é que a cidade é tão pronta para receber turistas que você não passa por nenhum dificuldade para se locomover e achar seu destino sozinha. Mapas são disponibilizados em todos os lugares e placa é o que não falta! A própria EF te dá um mapa ótimo no primeiro dia de aula além de ter um escritório de atividades (com funcionários muito divertidos!) dispostos a te dar orientações.

E quando tudo isso falhar basta perguntar! Os nativos adoram dar informações. Parece que são bem orgulhosos da cidade onde moram. Também né?!

Fiz vários programas sozinha e foi muito bom! Quando você está sozinha olha para as coisas que uma maneira diferente e no seu próprio ritmo! E várias vezes as pessoas percebiam que eu estava sozinha e se ofereciam para tirar fotos.

Se você passar pela mesma situação e tiver que fazer alguns passeios sozinha vá a St. Paul’s Church e a Westminster Abbey. Nestes lugares você recebe um iPod e fones de ouvido para ouvir as informações do local o que não necessita de  muita interação mesmo.

A independência que viajar para o exterior sozinha te traz é enorme! Neste caso eu viajei sozinha (já fiz amizade na fila de embarque!), fui para a escola sozinha (fiz várias amizades no primeiro dia) e ainda por cima fazia programas sozinha. Sem perceber você se vê sendo capaz de muito mais que imaginava. Só quando voltei percebi o quanto cresci e quanta ‘bagagem’ esta viagem me acrescentou. O medo do desconhecido que eu sentia antes desapareceu e foi substituido por uma vontade enorme de ir mais além!

Comments
5 Responses to “É muito fácil aproveitar Londres sozinha”
  1. Andrea says:

    Realmente se a pessoa for esperar por outra pra passear, vai ficar pra trás. Cada um faz seu planejamento e não pode ficar esperando por ninguém. Adorava caminhar sozinha pelas ruas de Londres, mas o que eu gostava mesmo era de pegar a linha mais longa de onibus, sentar na disputadissima primeira fileira do 2. andar do onibus e ficar admirando a cidade lá de cima :D

  2. Andrea says:

    Ah!! Adorei seu cachecol de bichinhos <333

  3. Fernanda says:

    Ola, estou indo para Londres em Agosto,e queria dicas de passeios, pois vou ficar um mês apenas e como vc ja tenho uma lista imensa de lugares q quero conhecer, mas tenho medo que nao dê tempo de conhecer tudo…

  4. Marcela says:

    Olá!

    Também estou indo para Londres sozinha ainda neste ano.
    Queria te perguntar como Londres é com relação à segurança. Quando a gente viaja em grupo, sempre se sente mais segura… Foi tranquilo andar por lá mesmo estando sozinha?

    Já que o aeroporto de Heathrow tem estação de metrô, optei por não usar o transfer.

    Você alguma dica a mais?

    Obrigadão! =)

    • lely says:

      Eu me senti muito segura principalmente pois eu andava principalmente pelo centro (que é bem grande). As únicas horas em que eu ficava apreensiva eram quando eu descia do ônibus e andava 2 quarteirões para chegar em casa. A rua era bem escura e deserta. Mas correu tudo bem!

      Ouvi falar de dois estudantes que tiveram os iPhones roubados enquanto estavam lá. Fora isso não vi nenhum caso de roubo ou violência e correu tudo bem durante toda a minha estadia.

Leave A Comment