Quando eu fui assistir a cerimônia de Changing of Guards em março eu sabia que os guardas passavam por muita coisa até chegar naquela posição mas não tinha noção do que exatamente. O YouTube, expertamente, sabe que eu gosto de all London related things e me sugeriu esse documentário (dividido em 3 partes).

Os gritos me assustam mas a disciplina e a tradição me encantam! Nesta primeira parte fiquei exmocionada quando a mãe vai visitar o filho que está fazendo a guarda pelo primeiro dia e não pode interagir com a família durante o trabalho (lá pelo minuto 44:35).

Admiro muito!

 

Uma coisa que eu aprendi durante a minha estadia em Londres foi que o tempo é curto e embora seja preferível que você relaxe e visite os lugares com calma você também não pode ficar muito solto ou se arrependerá depois. Como foi a minha primeira vez fora do país aprendi também outros vários truquezinhos que só mesmo quem passa pela situação sabe.

Enquanto estava lá fui percebendo que caso eu quisesse mesmo aproveitar todos os lugares que eu tinha em mente (fiz uma lista enorme antes de sair do Brasil) eu teria que ir à alguns deles sozinha. Arranjei muitos amigos por lá que me fizeram companhia mas muitas vezes era difícil coordenar os horários e as prioridades de cada um.

O bom de Londres é que a cidade é tão pronta para receber turistas que você não passa por nenhum dificuldade para se locomover e achar seu destino sozinha. Mapas são disponibilizados em todos os lugares e placa é o que não falta! A própria EF te dá um mapa ótimo no primeiro dia de aula além de ter um escritório de atividades (com funcionários muito divertidos!) dispostos a te dar orientações.

E quando tudo isso falhar basta perguntar! Os nativos adoram dar informações. Parece que são bem orgulhosos da cidade onde moram. Também né?!

Fiz vários programas sozinha e foi muito bom! Quando você está sozinha olha para as coisas que uma maneira diferente e no seu próprio ritmo! E várias vezes as pessoas percebiam que eu estava sozinha e se ofereciam para tirar fotos.

Se você passar pela mesma situação e tiver que fazer alguns passeios sozinha vá a St. Paul’s Church e a Westminster Abbey. Nestes lugares você recebe um iPod e fones de ouvido para ouvir as informações do local o que não necessita de  muita interação mesmo.

A independência que viajar para o exterior sozinha te traz é enorme! Neste caso eu viajei sozinha (já fiz amizade na fila de embarque!), fui para a escola sozinha (fiz várias amizades no primeiro dia) e ainda por cima fazia programas sozinha. Sem perceber você se vê sendo capaz de muito mais que imaginava. Só quando voltei percebi o quanto cresci e quanta ‘bagagem’ esta viagem me acrescentou. O medo do desconhecido que eu sentia antes desapareceu e foi substituido por uma vontade enorme de ir mais além!

A estação de King’s Cross/St. Pancras é, como tudo em Londres, uma bela mistura do moderno com o antigo. É um lugar que eu queria ir desde o meu primeiro dia lá (como fã de Harry Potter que sou) e acabei indo só no último. Pois é! Um mês em Londres não é suficiente para conhecer tudo de bom que a cidade proporciona! #ficaadica

Tinha fila para tirar foto na plataforma 9 3/4. E o legal é que só tinha gente mais velha na fila! Fui sozinha e conheci duas irmãs muito simpáticas que tiraram a foto em que eu estou embarcando para Hogwarts. Adoro como todo mundo lá á tão simpático e se oferece para tirar fotos sempre!

Bem do lado da plataforma tem uma livraria muito bonitinha com uma vitrine exclusiva para os livros do Harry Potter é claro! Comprei essa versão do Harry Potter and the Prisoner of Azkaban (meu favorito!) lá.

Read More

Depois que eu voltei muita gente me perguntou como eram minhas acomodações lá em Londres. Eu fiquei na residência estudantil da EF (agência pela qual viajei). A EF te dá a escolha de ficar em casa de família ou em residência estudantil.

A residência estudantil é um complexo de 4 prédios exclusivos da EF que ficam em Kingsbury bem perto de duas estações de metrô e um ponto de ônibus. Tem um mercado 24 horas (que vocês podem ver na foto) no térreo do prédio, um McDonalds super perto e outros mercadinhos próximos. A vizinhança é super tranquila, andei tarde da noite várias vezes e não tive problema nenhum.

Eram 2 quartos no flat. Dividia meu quarto com 2 meninas e o flat com essas 2 mais 2 do outros quarto. A sala era bem confortável com TV (assisti um dia só :/) e a cozinha tinha tudo que eu pudesse precisar. Para lavar roupa eu só precisava comprar os produtos pois o uso da máquina era liberado.

Eu escolhi a residência estudantil por 3 motivos:

1. A residência é bem perto da escola e do centro da cidade. Além de gastar menos tempo de locomoção, eu tinha duas estações de metrô a 6 minutos de caminhada e um ponto de ônibus a 2 minutos de caminhada. De ônibus eu gastava no máximo uns 20 minutos para chegar na escola e de metrô uns 7 minutos. Sem contar que o itinerário do ônibus era ‘pure bliss’ porque passa em lugares lindos que a gente nunca se cansa de olhar.

2. Por ser mais perto eu gastava menos. Paguei 117 pounds para ter passe livre de ônibus e metrô nas zonas 1 e 2.

3. Pesquisei bastante antes de escolher e percebi que as famílias inglesas impõem muitas regras às pessoas que se hospedam em casa de família. E com razão viu gente! As famílias hospedam de 2 até 6 pessoas e se não estabalecerem regras a casa fica uma loucura! As regras mais comuns eram: horário de chegada, horário limite para tomar banho, ligar para avisar se vai ou não jantar em casa, entre outras. Eu não queria ter essas preocupações então escolhi a residência.

Conheci pessoas que tiveram experiência boas e ruins na residência assim como pessoas que tiveram experiências boas e ruins em casa de família. Qualquer que seja a sua escolha você pode conversar com o coordenador de acomodações que está sempre na escola e mudar sua opção.

créditos

Oi pessoal!

Continuar com este blog tem sido um desejo meu porém a faculdade neste semestre estava especialmente exigente e não me sobrava muito tempo livre. Estou de férias e portanto pretendo tocar esse blog pra frente!

Os posts que fiz enquanto estava em Londres foram bem corridos e resumidos porque eu só queria que a família e os amigos mais próximos soubessem o que eu estava aprontando lá. Mas acabei recebendo vários comentários e perguntas de pessoas que iriam e/ou jpa fizeram intercâmbio ou que apenas se interessavam pelo assunto.

Fiquei feliz ler os comentários, responder e encorajar estas pessoas a irem porque eu posso dizer que tive a melhor das experiências lá!

Não tive aula hoje (porque a agenda da escola é de terça a sábado) por isso fui para a Madame Tussauds bem cedo. Achei que segunda de manhã seria o dia mais tranquilo mas me enganei feio! Primeiro porque a medida que o tempo vai esquentando mais turistas vêm para Londres e segundo que Madame Tussauds nunca fica vazio!
Como estava lotado nem aproveitei direito as estátuas e como fui sozinha então não tinha ninguém para tirar fotos para mim. Mas o legal mesmo é a temática de cada área e as 3 atrações que eu nem sabia que existiam: a casa dos terrores (interessante), a história de Londres (nessa atração você senta no Black Cab e assiste enquanto a história da cidade é contada – incrível) e o cinema 4D com os heróis de Marvel (incrível também!).
Depois fui almoçar no Hyde Park e encontrei com a Paula para visitarmos a Harrods (puro luxo!).

Visitei Cambridge hoje com o pessoal da escola. Me senti em Hogwarts hehehe!

Oi pessoal!

Na segunda fui assistir a cerimônia de troca de guardas no Buckingham Palace, passeiei no Green park e St James’ Park e na M&M´s World.

A comemoração de St Patrick’s aqui dura dois dias. O sábado é dia de beber nos pubs e domingo é dia de beber nos pubs e assistir ao desfile. Eu e a Paula entramos no desfile para tirar fotos bem no começo e não saímos mais. participamos ‘sem querer’ do desfile hehehe!
Despois do desfile fomos para Portobello Road procurar o museu de design de lá. Acabamos não encontrando por nos ‘perdemos’ nas lojinhas.

(Inclui fotos aleatórias de fachadas, ônibus, Sommerset House, Catedral de St Paul e outros.)

Hoje foi o dia que mais andei por aqui!
já estava na ruas de manhã bem cedo para passear e encontrar lugares novos antes de ir encontrar com uma amiga para irmos ao Natural History Museum. Andei por Aldwych e Charing Cross e já vi a Trafalgar Square toda preparada para o St Patrick’s Day.
Depois fui encontrar com a Paula para irmos ao Natural History Museum que estava lotado. Ficamos umas duas horas lá e fomos almoçar em um pub lá perto enquanto assistíamos França contra País de Gales (o símbolo deles é um galo!) disputando uma partida de rugby na TV.
Depois fomos para Picadilly Circus, a Times Square de Londres, St James’ Park e Buckingham Palace. Quero muito voltar a Buckingham Palace quando o tempo estiver melhor!
Depois eu e a Paula piramos numa livraria em frente a Trafalgar Square e só fomos embora quando expulsaram a gente (mentira né!)!

  • About me

    Olá! Meu nome é Evelyn, moro em Belo Horizonte e estou de malas prontas para meu intercâmbio na Inglaterra. Vou escrever, postar, fotos, vídeos e informações para guardar de lembrança e quem sabe ajudar/divertir as pessoas que se interessam pelo assunto. Para maiores detalhes sobre o intercâmbio acesse a página de informações.
  • calendar

    December 2016
    M T W T F S S
    « Aug    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031